Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: Seguro demarca-se de um novo programa com a natureza do atual

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 nov (Lusa) - O secretário-geral do PS afirmou hoje que assumirá as suas responsabilidades perante a hipótese de Portugal necessitar de um programa cautelar em junho de 2014, mas demarcou-se de um novo programa com a mesma natureza do atual.

Esta posição foi assumida por António José Seguro em entrevista à TVI, depois de questionado pela jornalista Judite de Sousa se o PS está ou não disponível para assinar um eventual programa cautelar em junho de 2014, após a conclusão do atual programa de assistência financeira.

Seguro começou por responder que, "se esse problema se colocar, perante o que estiver em cima da mesa, o PS assumirá as suas responsabilidades".