Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: Portugal conseguirá voltar a financiar-se sozinho a partir de 2015 - Estudo CEP

Lusa

  • 333

Berlim, 27 jun (Lusa) - As reformas estruturais em Portugal surtem efeito e o país deverá sustentar a sua dívida sem ajuda externa a partir de 2015, refere um estudo publicado hoje pelo Instituto de Política Europeia de Friburgo (CEP), na Alemanha.

O índice CEP das dívidas nacionais coloca Portugal ainda em terreno negativo, com menos 5,3 pontos, mas a subir em relação ao ano anterior, ao contrário do que sucede com a Grécia, a Espanha e mesmo com a Itália.

"Há provas substanciais de que as reformas estruturais em Portugal resultam", disse Lüder Gerken, um dos autores do estudo, ao jornal Frankfurter Allgemeine, que publica a propósito um artigo no suplemento de economia intitulado "Uma Luz Positiva em Portugal".