Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: Governo vai gastar 507 milhões com indemnizações na função pública

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 jun (Lusa) - O Governo prevê gastar 507 milhões de euros com indemnizações a pagar em 2014 aos funcionários públicos que rescindam com o Estado, segundo o relatório do FMI divulgado hoje no âmbito da sétima avaliação do programa de assistência financeiro português.

Este montante confirma o valor máximo que o secretário de Estado da Administração Pública tinha referido em maio no Parlamento quando Hélder Rosalino previu que o programa de rescisões na Administração Pública custasse entre 300 e 500 milhões de euros.

A referência ao montante a gastar com indemnizações surge no mesmo quadro do relatório em que o Governo apresenta um corte de 4,7 mil milhões de euros, no âmbito da reforma do Estado, até 2014.