Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: Empresários do calçado admitem distribuir poupança na TSU pelos trabalhadores

Lusa

  • 333

Milão, 17 set (Lusa) - Os empresários do calçado defendem que a redução da contribuição das empresas para a Segurança Social e o agravamento para os trabalhadores é uma medida injusta, admitindo distribuir a poupança alcançada pelos seus funcionários.

"O dinheiro que eu ganhar será diretamente para os trabalhadores", garantiu o empresário de calçado Luís Onofre, na feira calçado em Milão, rejeitando que a proposta do Governo de reduzir a Taxa Social Única (TSU) conduza à criação de emprego.

O empresário explicou que distribuir a poupança conseguida com a redução da TSU "é uma forma de motivar" os 52 funcionários que emprega na fábrica em Oliveira de Azeméis, considerando que "se a ideia é aumentar a produtividade nacional, esta medida vai no sentido contrário".