Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: CIP pede à 'troika' redução da Taxa Social Única sem compensação do lado da receita fiscal

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 set (Lusa) -- A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) defendeu que a redução da Taxa Social Unica (TSU) para os empregadores deve ser concretizada sem ser compensada por medidas do lado da receita fiscal.

No documento que a CIP levou para apresentar à 'troika' na segunda-feira, a confederação patronal lembra que "o aumento da competitividade foi definido como um objetivo crucial do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF)".

Para ajudar a concretizar este objetivo, o PAEF previa "uma importante redução das contribuições para a segurança social a cargo dos empregadores, compensadas por medidas do lado da receita e/ou da despesa de forma a assegurar a neutralidade orçamental".