Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: A 'troika' tem responsáveis e deve prestar contas - Seguro

Lusa

  • 333

Odivelas, 03 jun (Lusa) - O secretário-geral do PS advertiu hoje que a ´troika' (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia) não é uma entidade abstrata e também tem de "prestar contas" sobre os resultados do seu programa em Portugal.

António José Seguro falava aos jornalistas no final de uma visita a uma escola secundária de Odivelas, num programa integrado na preparação pelos socialistas no debate sobre o "Estado da Nação", no próximo dia 11, na Assembleia da República.

O secretário-geral do PS foi confrontado pelo jornalistas com o cenário de a ´troika' recusar a possibilidade de o cumprimento do programa de assistência financeira, por parte de Portugal, se prolongar por mais um ano, tal como tem sido exigido pelos socialistas.