Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aguiar-Branco rejeita críticas de pressão ao TC quando se está "há três meses à espera"

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 abr (Lusa) - O ministro da Defesa rejeitou hoje que haja qualquer pressão do Governo sobre o Tribunal Constitucional (TC) e sublinhou que se está "há três meses à espera de uma decisão" sobre várias normas do Orçamento do Estado.

As afirmações de José Pedro Aguiar-Branco foram proferidas no final de uma visita ao Hospital das Forças Armadas, em resposta às questões dos jornalistas sobre as acusações ao Governo de pressão sobre o TC.

"Como é que possível considerar-se que se está a pressionar [o TC] quando se está há três meses à espera de uma decisão?", perguntou Aguiar-Branco, que referiu que "quando o TC se pronunciar o Governo atuará em conformidade".