Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

África do Sul: Prisão perpétua para assassino de ex-líder da extrema-direita Eugène Terre'Blanche

Lusa

  • 333

Ventersdorp, África do Sul, 22 ago (Lusa) - O assassino do ex-líder da extrema-direita branca Eugène Terre'Blanche foi hoje condenado a prisão perpétua no tribunal da magistratura de Ventersdorp, noroeste da África do Sul.

Chris Mahlangu, que em 03 de abril de 2010 matou Terre'Blanche na sua residência, nos arredores de Ventersdorp, com uma barra de ferro, trabalhava na fazenda da vítima, confessou o crime logo após a detenção, alegando que o motivo foi a falta de pagamento na totalidade de salários devidos na altura.

Mahlangu viria posteriormente a mudar várias vezes a sua estratégia de defesa, tendo a certa altura acusado Eugène Terre'Blanche de agressões sexuais sistemáticas, facto que o teria levado a assassiná-lo em legítima defesa.