Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

África do Sul: Presidência pede suspensão do prazo para mineiros grevistas regressarem ao trabalho

Lusa

  • 333

Marikana, 21 ago (Lusa) -- A presidência sul-africana pediu ao operador da mina de Marikana, onde 34 grevistas foram mortos pela polícia na semana passada, para suspender o prazo estabelecido para o regresso ao trabalho pelos mineiros.

A direção da mina de platina, no norte de África do Sul, deu aos cerca de três mil mineiros em greve a possibilidade de regressarem ao trabalho até hoje às 07:00 (06:00 em Lisboa), ameaçando demitir quem não se apresentar.

PNE.