Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

África do Sul: Comissária nacional da polícia confirma 34 mortes em confrontos na mina, defende ações dos agentes

Lusa

  • 333

Rustenburg, África do Sul, 17 ago (Lusa) - A comissária nacional da polícia sul-africana, Riah Phiyega, disse hoje que 34 mineiros morreram nos confrontos de quinta-feira à tarde com forças policiais em Marikana, noroeste da África do Sul.

Phiyega acrescentou também que 78 pessoas ficaram feridas nos confrontos, que eclodiram nos terrenos próximos da mina de platina da Lonmin quando um grupo de mineiros armado, segundo a comissária, com "armas perigosas, incluindo armas de fogo", carregou sobre a polícia.

A comissária defendeu as ações dos efetivos policiais, salientando que os agentes não tiveram alternativa a usar fogo real depois de terem tentado manter os manifestantes à distância com barreiras de arame farpado, balas de borracha e canhões de água.