Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

África Central continua vulnerável a possível desvalorização do petróleo -- FMI

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 23 jul (Lusa) -- O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje, após uma missão ao terreno, que a região de África Central continua vulnerável a uma eventual desvalorização do petróleo.

Uma missão do FMI realizou uma visita a Yaoundé, capital dos Camarões, durante 13 dias e que terminou hoje, para discutir a política comum entre os países-membros da Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC).

As discussões centraram-se no "aprofundamento da integração regional", necessária para atingir o "principal desafio a médio prazo" na região, assim identificado pelo FMI: um "crescimento elevado, sustentável e inclusivo, de forma a aumentar os padrões de vida, criar mais empregos e acelerar a redução da pobreza".