Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Advogados sul-africanos acusam Governo moçambicano de "pressionar" família de Mido Macia para retirar queixa do tribunal

Lusa

  • 333

Maputo, 19 mar (Lusa) - O governo moçambicano "está a pressionar" a família do taxista moçambicano Mido Macia a retirar a queixa contra as autoridades sul-africanas, para resolver a questão fora dos tribunais e optar por um advogado indicado pelo executivo de Maputo.

A denúncia é do escritório sul-africano de advogados que representa a família de Mido Macia, que recentemente morreu após ter sido amarrado na parte traseira de um carro da polícia sul-africano e arrastado 400 metros numa estrada alcatroada.

Um comunicado a que a agência Lusa em Maputo teve acesso indica que "representantes do Governo de Moçambique têm vindo a pressionar sobre a família, de modo a revogar o mandato conferido aos procuradores Jurgens Bekker e Andrew Boerner e prosseguir uma ação cível contra o Ministro da Polícia sem custo para a família".