Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Advogado de pede multa mínima para Ballack alegando falta de rendimento e de trabalho

Lusa

  • 333

Cáceres, Espanha, 31 out (Lusa) -- O advogado do ex-futebolista alemão Michael Ballack, que hoje foi julgado por ter sido apanhado a conduzir em excesso de velocidade em Espanha, alegou falta de rendimento e de trabalho para pedir uma multa mínima.

O Ministério Publico pediu uma multa de cerca de 10.000 euros e a apreensão da carta de condução durante dois anos e meio para Ballack, por circular a 211 km/hora na autoestrada A5, perto da localidade de Santa Cruz de la Sierra, em Cáceres.

O advogado do ex internacional alemão, Jesus Galego Rol -- que já assistiu Ballack quando este foi presente a tribunal logo após ter sido apanhado a circular 80 km/hora acima do limite máximo de 120, pediu uma pena de um ano sem carta de condução e uma multa de seis euros ao dia, durante seis meses, que daria pouco mais de 1.000 euros.