Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Administradores de fábrica de Amares "desertaram" e trabalhadores pedem suspensão de contratos - sindicato

Lusa

  • 333

Amares, 17 jan (Lusa) - Os cerca de 45 trabalhadores da Radal -- Indústria de Frigoríficos, em Amares, avançaram com o pedido de suspensão dos contratos, depois de os administradores terem "desertado", deixando vários meses de salários por pagar, disse hoje à Lusa fonte sindical.

Segundo Amélia Lopes, do Sindicato dos Trabalhadores da Indústrias Transformadores, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (SITE Norte), a empresa ainda não pagou o subsídio de Natal e os salários de novembro e dezembro.

Os trabalhadores são ainda credores de 80 por cento do subsídio de férias e de 50 por cento do salário de outubro.