Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Administrador hospitalar quer salários mais altos para atrair médicos ao interior

Lusa

  • 333

Bragança, 06 mar (Lusa) -- O presidente da Unidade Local de Saúde do Nordeste defendeu hoje uma diferenciação nos salários para especialidades médicas em falta no interior do país como medida para combater as carências clínicas em hospitais como os do distrito de Bragança.

António Marçôa não quer chamar-lhe "subsídio de interioridade", mas entende que salários mais altos que os praticados nos hospitais do Litoral seriam um incentivo para a fixação de médicos nas especialidades onde se verificam maiores dificuldades.

Outra medida defendida pelo administrador é a obrigatoriedade de os novos especialistas integrarem os quadros dos hospitais onde lhes é garantida a formação, o chamado internato.