Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Administração da RTP denunciou os acordos de empresa

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 fev (Lusa) -- A administração da RTP denunciou na passada sexta-feira, dia 15, três acordos de empresa que tinha convencionado com os vários sindicatos representados na empresa e manifestou a intenção de celebrar um novo acordo adaptado à "atual realidade" da RTP.

A denúncia dos acordos de empresa produzem efeitos a partir de 19 de fevereiro e de 31 de março, consoante as convenções em causa, a que se vinculam a RTP e dezenas de organizações sindicais, direta e indiretamente, de acordo com a notificação do conselho de administração da RTP, a que a Lusa teve acesso.

Após a denúncia, e nos termos do Código do Trabalho, inicia-se um período de sobrevigência dos acordos, sendo que o conselho de administração da RTP expressou desde já a "vontade" de "celebrar um novo acordo de empresa", que não pretende que seja "uma mera revisão dos clausulados anteriores, mas sim uma nova convenção coletiva, adaptada à atual realidade da empresa".