Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Adiado novamente julgamento do ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes, para março

Lusa

  • 333

Contagem, Brasil, 21 nov (Lusa) - O julgamento do ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes, acusado do desaparecimento e da morte da ex-amante Eliza Samudio, foi adiado novamente hoje, para 04 de março de 2013, informou o tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Na manhã de hoje, após um pedido dos novos advogados de Fernandes, que alegaram não conhecer o processo devidamente, o julgamento do ex-guarda-redes foi adiado para 21 de janeiro do ano que vem, mas, por conta de ajuste de agendas, foi necessária a nova mudança.

Fernandes destituiu na terça-feira o seu advogado, Rui Pimenta, alegando não se sentir "seguro". Um defensor da antiga equipa permaneceu no caso, mas foram agregados dois novos advogados, que alegaram desconhecer o processo.