Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Adiado julgamento do ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes

Lusa

  • 333

Contagem, Brasil, 20 nov (Lusa) - O julgamento do ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes, acusado do desaparecimento e da morte da ex-amante Eliza Samudio, foi adiado hoje para 21 de janeiro de 2013, informou o tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Fernandes destituiu na terça-feira o seu advogado, Rui Pimenta, e tanto o outro representante da sua defesa, Francisco Simin, como o novo defensor que se somou à causa, Tiago Lenoir, pediram hoje à juíza mais tempo para analisar o processo, o que foi concedido.

Pimenta, ao sair do Fórum de Contagem, onde o julgamento decorria, afirmou à imprensa brasileira que a sua destituição foi uma tentativa do réu de adiar o julgamento.