Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Adega de Rio Maior produz espumante português vendido no Casino de Macau

Lusa

  • 333

Rio Maior, 01 abr (Lusa) -- Um espumante português que figura na carta do Grand Casino Lisboa, em Macau, é produzido em Rio Maior, numa pequena adega familiar à qual aquela unidade asiática compra toda a produção ainda antes de colhidas as uvas.

Denominado "Ninfa", em homenagem à "Ninfa Fontenária de Rio Maior" - cuja estátua foi encontrada durante as escavações arqueológicas de uma antiga vila romana -, o espumante nasce no Alto da Serra e disputa preferências com vinhos italianos e franceses na carta do Grand Casino Lisboa, em Macau.

Distinguindo-se pela sua cor branco-salmonado "é um espumante bastante diferente do que é habitual em Portugal, feito só de Pinot Noir [uma casta francesa] de uvas tintas que nós produzimos aqui nas encostas da Serra dos Candeeiros, numa vinha onde tivemos a sorte de conseguir encontrar o terreno propício", explica João Barbosa, proprietário da Adega Porta da Teira.