Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores/Eleições: CDS-PP só aceita coligação se tiver "poder de veto" sobre todas as matérias

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 12 set (Lusa) - O presidente do CDS-PP nos Açores, Artur Lima, afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, que o seu partido só aceitará fazer uma coligação na sequência das eleições regionais de outubro se tiver "poder de veto".

"O CDS só irá para o governo se tiver poder de veto sobre todas as matérias", frisou Artur Lima, em conferência de imprensa, assumindo, no entanto, que o seu partido até pode "ganhar as eleições" e que "não é impossível ter um crescimento grande nos Açores".

"As pessoas, de uma vez por todas, têm que escolher a mudança e eu estou convencido e esperançado que essa mudança passe pelo CDS", acrescentou Artur Lima, que acusou os candidatos do PS e PSD à presidência do Governo Regional de "plagiarem" as suas propostas, apontando como exemplos o conceito de região económica defendido por Berta Cabral (PSD) e a preparação para o fim das quotas leiteiras defendida por Vasco Cordeiro (PS).