Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores/Eleições: Berta Cabral (PSD) recusa comentar "ataques pessoais" e defende candidaturas "pela positiva"

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 29 ago (Lusa) -- A candidata do PSD/Açores à presidência do Governo Regional, Berta Cabral, recusou hoje comentar "ataques pessoais", que servem para desviar as atenções, alegando que as candidaturas se devem "afirmar pela positiva".

"As candidaturas têm de se afirmar pela positiva. Os ataques pessoais para mim não colhem, não aceito entrar nesse tipo de ataques, muito menos em processos de intenções e especulações", afirmou Berta Cabral, em declarações aos jornalistas no final de uma visita à fábrica de lacticínios da Unileite, em S. Miguel.

Berta Cabral, questionada pelos jornalistas, reagia às declarações do candidato socialista, Vasco Cordeiro, que discordou da intenção manifestada pela candidata social-democrata de renegociar o acordo assinado pelo executivo açoriano com o Governo da República e considerou que o PSD está a "ver o chão fugir debaixo dos pés" devido aos resultados positivos das finanças regionais.