Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores/Eleições: Berta Cabral (PSD) discorda do Conselho de Finanças Públicas

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 20 set (Lusa) -- A presidente do PSD/Açores, Berta Cabral, manifestou hoje discordância quanto às conclusões do Conselho de Finanças Públicas, alegando ser apenas um estudo técnico elaborado por um organismo composto por elementos da "área do PS".

"Não concordo com aquelas conclusões de forma nenhuma por variadíssimas razões, de inconstitucionalidade, mas também por falta de realismo e adaptação à nossa realidade", afirmou Berta Cabral, referindo-se às recomendações do Conselho de Finanças Públicas que apontam para uma redução das transferências do Estado para a Região, que deveriam ser compensadas com mais impostos próprios.

Berta Cabral, que falava aos jornalistas no final de uma visita à açucareira SINAGA, em Ponta Delgada, salientou que o Conselho de Finanças Públicas é um órgão particular, composto por "técnicos da área do PS, sendo um deles ex-secretário de Estado do Governo de José Sócrates".