Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores/Eleições: Berta Cabral (PSD) acusa socialistas de "campanha paralela"

Lusa

  • 333

Ribeira Grande, 11 out (Lusa) -- A candidata do PSD à presidência do Governo Regional dos Açores, Berta Cabral, acusou hoje os socialistas de fazerem "campanha paralela", usando os recursos do executivo.

"Há a campanha do Governo e a campanha do PS, enquanto o PSD a nível nacional está preocupado com o país e a governar, nos Açores, o Governo Regional não está preocupado com os Açores. Está a fazer campanha pelo candidato, que não é presidente do PS", afirmou Berta Cabral aos jornalistas, durante a visita à feira agrícola de Santana, no concelho da Ribeira Grande, ilha de S. Miguel.

"Esta campanha só se ganha no dia 14 de outubro. No domingo à noite espero que o PSD e o nosso projeto seja vencedor. O importante é que votem", salientou Berta Cabral, confiante que os açorianos lhe darão uma "maioria clara". O importante é que os eleitores concentrem os votos no PSD, que considerou ser "o único partido que permite a alternativa à atual governação socialista".