Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores:Berta Cabral (PSD) diz que cultura não se resume à concessão de subsídios

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 06 jun (Lusa) - A candidata do PSD/Açores à presidência do Governo Regional, Berta Cabral, defendeu hoje uma política cultural assente na "valorização cultural material e imaterial, numa política de equipamentos culturais e no apoio à criação".

"Uma nova política não pode continuar a encarar a cultura como área menor na ação governativa ou a confundir a política cultural com uma simples concessão de subsídios ou apoios aos agentes culturais", afirmou Berta Cabral, em Angra do Heroísmo, na abertura de um debate sobre Cidadania e Cultura integrado no Ciclo Conferências da Autonomia, promovido pelo PSD/Açores.

Berta Cabral, que é também líder regional do PSD, comprometeu-se, caso vença as eleições regionais previstas para outubro, a valorizar o património cultural das ilhas através da sua "inventariação, conservação, preservação e divulgação", propondo-se ainda criar uma "carta dos equipamentos culturais" que permita uma melhor gestão dos equipamentos.