Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores: Vasco Cordeiro (PS) nega existência de dívida ao Serviço Nacional de Saúde e defende "gestão açoriana" do setor na região

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 26 jun (Lusa) - O candidato do PS/Açores à presidência do Governo Regional nas eleições previstas para outubro, Vasco Cordeiro, negou hoje a existência de "qualquer dívida" da Região ao Serviço Nacional de Saúde (SNS).

"Não existe dívida", afirmou Vasco Cordeiro, em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao novo Hospital de Angra do Heroísmo, na Terceira, recusando a existência de uma dívida nesta área dos Açores ao Governo da República.

O Ministério da Saúde revelou recentemente que os Açores têm uma dívida de 59 milhões de euros ao SNS relacionada com cuidados de saúde prestados a açorianos no continente, mas a situação já foi rejeitada por Carlos César, presidente do Governo Regional, alegando que os açorianos "não se tornam estrangeiros" quando chegam a Lisboa.