Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores: Governo Regional não vai para reduzir complementos sociais, apesar da recomendação da IGF - vice-presidente

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 25 ago (Lusa) - O Governo dos Açores não vai reduzir a atribuição de complementos sociais, como é sugerido num relatório da Inspeção Geral de Finanças (IGF), assegurou hoje o vice-presidente do executivo regional, Sérgio Ávila

"Os apoios suplementares não só se mantêm, como a Região continua a ter toda a capacidade de os gerir e de os aumentar", frisou Sérgio Ávila, numa conferência de imprensa em Angra do Heroísmo, na Terceira, na sequência da divulgação de um relatório da IGF sobre o diagnóstico da situação financeira da Região Autónoma dos Açores.

Nesse documento, é sugerida à Região a "contenção, congelamento ou redução" de medidas como o regime de incentivos à fixação de médicos nos Açores, a remuneração complementar, o complemento ao abono de família e o complemento de pensão.