Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores: Família deportada há seis meses do Canadá continua em S. Miguel

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 27 jun (Lusa) -- A família Sebastião, deportada do Canadá há seis meses, continua a residir em S. Miguel, nos Açores, não tendo nenhum dos seus 10 elementos conseguido regressar ao país de onde saíram no final do ano passado.

"Ninguém conseguiu voltar para trás. Estamos todos aqui", afirmou Paulo Sebastião, chefe da família, em declarações à Lusa, frisando, no entanto, que mantém "a mesma esperança" de regressar, já que foi "aceite" o pedido que apresentou "para voltar ao Canadá", faltando agora conseguir um contrato de trabalho.

A família Sebastião, que chegou a Ponta Delgada a 30 de dezembro de 2011, é constituída por Paulo e Maria Irene, os seus filhos Marília, 27 anos, Vanessa, 23, Paulo Júnior, 19, e Beatriz, 13, e os quatro netos, todos com menos de cinco anos, nascidos no Canadá.