Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Açores: Crise provoca "mais saídas do que entradas" de imigrantes - Governo Regional

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 24 set (Lusa) -- A situação de crise originou que, nos últimos tempos, se tenham registado "mais saídas do que entradas" de imigrantes no arquipélago dos Açores, revelou hoje Graça Castanho, diretora regional da Comunidades.

Graça Castanho, que falava aos jornalistas em Ponta Delgada no início de uma reunião do Conselho Consultivo Regional para os Assuntos da Imigração, destacou o aumento do número de regressos de cidadãos brasileiros, sublinhando que o fenómeno surge associado à melhoria das condições económicas naquele país lusófono, de onde é originária a maior comunidade imigrante radicada nos Açores.

A diretora regional das Comunidades admitiu também que, por trabalharem em maior número na construção civil, os imigrantes radicados na região têm sido particularmente atingidos pelo problema do desemprego.