Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Acordo sobre dívidas dos clubes "dignifica o Estado", considera Miguel Relvas

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 dez (Lusa) - O acordo no âmbito do denominado "totonegócio", conseguido pelo Governo e pela Federação Portuguesa de Futebol e hoje anunciado, resolve um "problema antigo" e "dignifica o Estado", considera o Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas.

"O Governo e a FPF chegaram a um acordo há muito desejado pelas duas partes e que permite saldar as dívidas mútuas. Com isto, dignificamos o Estado e estamos a resolver um problema antigo", disse o ministro à Agência Lusa, após ser conhecido que a FPF pagou 11 milhões de euros à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) para saldar dívidas fiscais dos clubes.

Para Miguel Relvas, "o entendimento implica encaixe imediato para os cofres públicos e só foi possível graças ao espírito de diálogo entre Governo e o atual presidente da federação", Fernando Gomes.