Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Acompanhamento da privatização da TAP e da ANA é "missão suícida" - Amado da Silva

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 dez (Lusa) -- O presidente da comissão de acompanhamento para a privatização da TAP, Amado da Silva, afirmou hoje que, quando aceitou o convite do Governo, sabia que "era uma missão suicida".

"Sabíamos que era uma missão suicida", disse o reitor da Universidade Autónoma, que preside à comissão de acompanhamento para a privatização da TAP, órgão que também avaliará a privatização da ANA, sobre a liderança do antigo presidente da CGD António de Sousa.

Na mesma audição, o presidente da comissão de acompanhamento para a ANA, António de Sousa, reconheceu que "seria mais cómodo e confortável" se a comissão de acompanhamento para a privatização das duas empresas tivesse sido nomeada mais cedo.