Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ações da EDP regressam à negociação e perdem mais de 1,5%

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- As ações da EDP voltaram a negociar na bolsa de Lisboa, a perder 1,57% para 2,28 euros, após a CMVM ter levantado a suspensão com o anúncio da venda pelo Estado dos restantes 4% que detinha na empresa.

"O Conselho Diretivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou o levantamento da suspensão da negociação das ações da EDP -- Energias de Portugal, S.A. a partir das 14h00 por terem cessado os motivos que justificaram a suspensão", disse hoje, em comunicado, o regulador dos mercados financeiros.

A CMVM suspendeu esta manhã a negociação de ações da EDP no mercado bolsista da Nyse Euronext Lisboa, depois da Parpública - a sociedade gestora de participações sociais do Estado - ter divulgado um comunicado no qual referia que ia vender os 4,14% das ações da empresa de energia que ainda detém, "através de um processo de 'accelerated bookbuilding'" para investidores institucionais.