Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Acionistas da Edisoft aprovam cedência da maioria do capital ao grupo francês Thales

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 mar (Lusa) -- Os acionistas da Edisoft - Empresa de Serviços e Desenvolvimento de Software, SA, integrada na Empordef, a holding das indústrias de defesa do Estado, aprovaram hoje a cedência da maioria do capital ao grupo francês Thales, como corolário de uma operação de saneamento financeiro da empresa.

A Thales, que até agora dividia em partes iguais o capital da Edisoft com a Empordef e a NAV, passará a controlar 65% do capital ao empresa, sendo o restante dividido equitativamente pelos outros dois acionistas.

A operação de saneamento financeiro de diminuição e aumento de capital -- conhecida como 'operação harmónio' -- prevê a assunção da dívida da empresa no total de oito milhões de euros -- sete milhões relativos a dívida bancária (ao BES, Santander Totta, Caixa Geral de Depósitos e Banif) e um milhão de euros a fornecedores -- em partes iguais pelos três acionistas.