Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Academia de ténis espanhola descarta ligação com médico envolvido no escândalo Armstrong

Lusa

  • 333

Redação, 14 nov (Lusa) - O dono da TenisVal, uma das principais academias de ténis espanholas, afirmou que os seus jogadores já não consultam Luís Garcia del Moral, médico banido pela Agência Norte-americana de Antidopagem (USADA), devido ao envolvimento com o ciclista Lance Armstrong.

Pancho Alvarino explicou à Associated Press (AP) que o relacionamento entre Garcia del Moral e a TenisVal "começou aproximadamente há 14-15 anos atrás.".

O dono da academia de ténis, em resposta via email às perguntas da AP, disse que o médico "nunca" ajudou a dopar qualquer jogador da TenisVal e que os tenistas pagavam diretamente à sua clínica para realizar testes sanguíneos e de força.