Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Abril "aquece" com censura do PS ao Governo e decisão do Constitucional sobre Orçamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 mar (Lusa) - As consequências da decisão do Tribunal Constitucional (TC) sobre o Orçamento do Estado de 2013 e a moção de censura do PS ao Governo são dois momentos "quentes" que fazem de abril um mês de invulgar intensidade política.

O percurso do Governo liderado por Pedro Passos Coelho até ao final da legislatura parece dependente, em grande medida, da decisão que o TC tomará, já em abril, sobre o orçamento, num momento de crescente conflitualidade entre a maioria PSD/CDS-PP e o maior partido da oposição, o PS.

Caso os juízes do Palácio Ratton coloquem em causa normas do Orçamento com um impacto superior a mil milhões de euros, o Executivo já advertiu para o facto de não dispor de um "plano B" para acomodar o aumento da despesa, podendo vir a estar em causa a meta de um défice de 5,5%, até ao final do ano.