Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"A curto prazo" não há fundos comunitários para Mercado do Bolhão, no Porto - CCDR-N

Lusa

  • 333

Porto, 28 jan (Lusa) -- A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDR-N) revelou hoje não existir "a curto prazo" possibilidade de financiamento comunitário da requalificação do Mercado do Bolhão, suspensa por falta de verba da Câmara do Porto.

"Tendo em consideração as verbas já comprometidas, com um volume muito significativo de fundo aprovado, não se prevê que, a curto prazo, seja lançado um concurso ou convite com os objetivos de requalificação do Mercado do Bolhão", adiantou à Lusa fonte oficial da CCDR-N.

Aquela entidade admite que o projeto, orçado em 20 milhões de euros, se enquadra "nas prioridades de apoio do ON.2 -- O Novo Norte (Programa Operacional Regional do Norte), nomeadamente no eixo 'Coesão Local e Urbana', que prevê a aplicação de verbas comunitárias a obras públicas de reabilitação urbana".