Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A crise pode ter "efeito tsunami" no desporto português - presidente do COP

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 mai (Lusa) - O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) mostra-se preocupado com o efeito que a crise está a ter no desporto português e fala em "efeito tsunami" caso clubes e associações comecem a fechar por falta de financiamento.

Em entrevista à agência Lusa, José Manuel Constantino, que cumpre um mês desde tomou posse como dirigente máximo do organismo, receia mesmo que a "vida desportiva" em Portugal seja afetada "a médio e longo prazo".

"Tenho receio, estou preocupado com o efeito que esta situação recessiva tem sobre a vida desportiva, nomeadamente sobre as associações e clubes, que estão mais abertos à situação hostil da própria economia. O encerramento de destas associações, clubes e coletividades vai ter consequências desastrosas na qualidade da prática desportiva", afirmou o presidente do COP.