Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

5 de Outubro: Passos Coelho considera que a sua presença em Bratislava era "indispensável"

Lusa

  • 333

Bratislava, Eslováquia, 5 out (Lusa) - O primeiro-ministro considerou hoje que a sua poresença na reunião do grupo "Amigos da Coesão", em Bratislava, que o levou a faltar às comemorações do 5 de Outubro, era "indispensável".

"Eu fiz-me representar na anterior reunião e não quis deixar, como primeiro-ministro, de estar presente naquela que poderia ser a última reunião antes da maratona negocial que se vai realizar em novembro", afirmou Passos Coelho, aos jornalistas referindo-se ao Conselho Europeu que irá discutir o quadro financeiros 2014-2020.

"E, desse ponto de vista, uma vez que estou aqui a defender os interesses do meu país, acho que era indispensável que cá estivesse e que não me fizesse substituir", acrescentou, depois de ser questionado sobre a sua ausência nas comemorações do 5 de Outubro.