Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

5 de Outubro: António Costa critica "erro colossal" de baixar salários e diz que "há alternativas"

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 out (Lusa) - O presidente da Câmara de Lisboa, o socialista António Costa, criticou hoje o "erro colossal" que é apostar na mão-de-obra barata para ganhar competitividade, defendendo que "há alternativas" e é preciso "sacudir o fatalismo e a resignação".

"Não nos enganemos no caminho. Recusemos a tentação iníqua de querer fundar a nossa competitividade na mão de obra barata e desqualificada, na perda constante de rendimento e de direitos. Essa é uma lógica do passado à qual não podemos voltar, além de tudo o mais, por se ter tratado de um erro colossal, com custos gravosos para o desenvolvimento de Portugal, cujos efeitos ainda hoje sofremos", afirmou.

António Costa falava na cerimónia oficial que comemora a implantação da República a 05 de outubro de 1910, que decorre no Pátio da Galé, em Lisboa.