Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

25 de Abril: Poupança das famílias caiu para metade em quatro décadas

Lusa

  • 333

Redação, 23 abr (Lusa) -- A poupança em Portugal registou uma redução para cerca de metade entre 1973 e 2012, segundo dados da Pordata, o que decorreu das expectativas dos agentes económicos, explicou um dos autores do relatório "A Poupança em Portugal".

Segundo o professor universitário Pedro Bação, que lembra que "a descida da taxa de poupança ocorreu essencialmente no final dos anos 1980, no início dos anos 1990 e depois de 1999", fatores como a recuperação da crise de 1983-85, a entrada na Comunidade Económica Europeia, a liberalização do setor financeiro e a "estabilização nominal da economia" contribuíram para "o elevar das expectativas dos portugueses e para a redução da taxa de poupança".

Segundo informações publicadas pela Pordata, a poupança bruta das famílias em percentagem do rendimento disponível caiu de 22,6% em 1973 para um valor ainda preliminar de 11,7% no ano passado.