Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Malária: Organismo complexo dificulta obtenção de vacina

Lusa

Lisboa, 27 jul 2019 (Lusa) -- Após décadas de investigação, está ainda por descobrir uma vacina que combata eficazmente a malária, em parte devido à complexidade do organismo causador desta doença que mata 500 mil pessoas anualmente em todo o mundo, sobretudo crianças.

"Não existe nenhuma vacina para nenhuma doença parasitária humana, todas as vacinas que existem são contra doenças bacterianas ou virais. Um parasita é um organismo muito mais complexo do que um vírus ou uma bactéria" e tem "maior capacidade de se defender", justifica o investigador Miguel Prudêncio, líder de uma equipa do Instituto de Medicina Molecular que trabalha no desenvolvimento de uma vacina desde 2010.

Esta complexidade ajuda a perceber porque é que, apesar de terem sido investidos milhões de euros ao longo de décadas, ainda não foi possível criar uma vacina eficaz contra esta doença que se transmite pela picada de mosquitos infetados.