Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

2013 será o último ano de recessão em Espanha - Conselheiro delegado do Santander

Lusa

  • 333

Madrid, 25 out (Lusa) -- O conselheiro delegado do Banco Santander, Alfredo Sáenz, mostrou-se hoje confiante que 2013 será o último ano de recessão em Espanha, apesar de considerar que a recuperação "não será muito rápida".

Sáenz referiu-se assim à situação macroeconómica espanhola durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados do grupo nos primeiros nove meses do ano, em que registou lucros de 1.804 milhões de euros.

Esse valor representa uma queda de 66% face ao período homólogo de 2011 e deveu-se, especialmente, ao facto da entidade ter realizado provisões para a cobertura de 90% dos requisitos exigidos pelo Governo para sanear os ativos imobiliários.