Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

2012 foi o ano mais violento nas prisões venezuelanas com o registo de 691 presos mortos

Lusa

  • 333

Caracas, 01 fev (Lusa) -- O Observatório Venezuelano das Prisões revelou hoje que 691 presos foram mortos nas prisões do país em 2012, o ano mais violento nos centros de detenção do país.

Segundo os dados do mesmo observatório, ao longo do ano passado os conflitos e motins nas prisões da Venezuela fizeram ainda 1.132 feridos.

Em 2011, tinham sido registados 560 homicídios e 1.457 feridos.