Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

1.500 protestam frente ao parlamento da Bulgária, sessão plenária cancelada

Lusa

  • 333

Sófia, 26 jun (Lusa) -- Cerca de 1.500 manifestantes bloquearam hoje os acessos ao parlamento da Bulgária, aos gritos de "Máfia" e "Demissão", obrigando ao cancelamento da sessão plenária por falta de quórum, noticiaram agências internacionais.

A manifestação, durante a qual foram lançados ovos e tomates aos deputados que tentavam aceder ao edifício, foi convocada através da rede social Facebook com o lema "Tomar Café no Parlamento", um novo protesto que se junta à marcha que todas as tardes, há quase duas semanas, passa em frente da sede do Governo.

A vice-presidente do parlamento Maya Manolova (socialista) tentou falar com os manifestantes, mas foi recebida com ovos e tomates e gritos de "Demissão", vendo-se obrigada a voltar para dentro do edifício.