Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

1º Dezembro: Costa diz que perda de independência e direitos também parecia "inevitável"

Lusa

  • 333

Lisboa, 1 dez (Lusa) - O autarca de Lisboa, António Costa, afirmou hoje que a capital continuará a celebrar o dia da Restauração da Independência, e defendeu que em 1640 "muitos consideravam inevitável a perda da independência" e de direitos.

"Entre 1580 e 1640, também muitos consideravam inevitável a perda da independência da pátria. Chamavam a isso uma realidade a que não se podia fugir e chamavam irrealistas àqueles que não a aceitavam", declarou António Costa (PS).

O presidente da autarquia da capital falava durante as cerimónias que assinalaram a Restauração da Independência de Portugal, na praça dos Restauradores, a última antes da suspensão do feriado nacional por esta ocasião.