"Tendo em consideração as últimas notícias, (...) ligando o meu nome a uma candidatura à presidência do Sporting Clube de Portugal, esclareço que é totalmente falso que me vá candidatar às próximas eleições", refere na nota.

Luís Figo nega ainda a possibilidade de apoiar, "neste momento, qualquer candidato às mesmas" eleições, considerando que "qualquer notícia que se afaste desta realidade é puramente difamatória".