O desenho, publicado por Jonathan Mak, de 19 anos, estudante de design em Hong Kong, circulou a uma velocidade vertiginosa na quinta-feira, quando se soube da morte de Steve Jobs e venderam-se até bonés e t-shirts com a imagem, no eBay. O ator Ashton Kutcher adotou-a mesmo, à semelhante de outros utilizadores, como a sua foto de perfil no Twitter.

Mas, afinal, a ideia não foi de Jonathan Mak. O jovem admitiu que não foi o primeiro a criar o logotipo da Apple com a silhueta recortada de Steve Jobs, depois de terem surgido no Twitter comentários que atribuiam a um designer britânico a ideia original.

Embora reconhecendo não ser o criador original da imagem, o estudante de Hong Kong sublinha que não "roubou" o desenho.

A imagem publicada pelo designer britânico conhecido na Internet como Raid71, em maio