Jornal de Letras

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Homem do Leme : Lisa II

    A sua existência virtual estava ao rubro. Desde que assumira a identidade de Lisa Paris, e publicara umas quantas daquelas fotos que encontrara por acaso num túnel de um subúrbio, que a sua popularidade não parava de crescer.

  • Homem do Leme: Lisa

    O mural no Facebook mal disfarçava o facto de ele se ter tornado um homem solitário e desinteressante. Os amigos eram escassos, mesmo os falsos, e não tinha estatuto para ter inimigos

  • Crónicas

    Viriato Soromenho Marques

    Ecologia: O Brexit 
e o ambiente

    "O Brexit é um acontecimento histórico, que agora apenas começou a produzir impacto. A incerteza reina sobre o médio e o longo prazo. Se Londres partilhasse a moeda comum, isso seria de imediato catastrófico para o conjunto da UE. Mas, como existe a libra, as consequências serão mais moderadas no curto prazo, não deixando, contudo, de contribuir para o aumento do caudal de desconfiança que vai corroendo os alicerces do projeto europeu."

  • Crónicas

    Manuel Halpern

    Homem do Leme: Perguntas Frequentes

    "Há quanto tempo não usas uma caneta? Tens a certeza que ainda sabes como se escreve? Não, eu não estou a desatinar, tenho apenas algumas perguntas para fazer. E se estivesse, o que é que tu farias?"

  • Crónicas

    Viriato Soromenho Marques

    Ecologia: Arouca Sustentável

    O mais relevante, contudo, será exaltar o significado político e ambiental dos Passadiços do Paiva. Trata-se de uma peça visível, integrada numa mais ampla e bem estruturada estratégia de desenvolvimento sustentável, liderada pela autarquia, em articulação com a sociedade civil.

  • Crónicas

    Valter Hugo Mãe

    Autobiografia Imaginária: Astur-Mirandês

    Com organização da autarquia e da Associaçon de Lhéngua I Cultura Mirandesa, correram as II Jornadas Amadeu Ferreira. O que mais se torna inesquecível deste evento é a alegria de se encontrarem asturianos e mirandeses como amigos que se apartaram de terras mas que se reconhecem por coração.

  • Crónicas

    Manuel Halpern

    Homem do Leme: Tinder

    Foi no Tinder que demos o primeiro beijo, Chama-me sentimental se quiseres, mas conservar-te-ei para sempre no meu mural.

  • O Homem do Leme: Snapchat

    Esta mensagem que agora te envio autodestrói-se pouco minutos depois de tu a leres. Por isso fixa bem os detalhes, a forma como está escrita, os significados entreabertos, os significantes, as palavras esdrúxulas e as que são realmente graves. Esta mensagem vai autodestruir-se e se tu não responderes rapidamente eu vou negar tudo. Vou dizer que não te enviei mensagem nenhuma. Vou dizer que a mensagem não dizia nada daquilo. Vou dizer que tu é que extrapolaste significados absurdos de palavras banais, confundiste ferida com querida, tripúdio com repúdio, nexo com sexo. Trocaste o condicional pelo conjuntivo, a voz passiva com pela voz ativa, inverteste o predicativo do sujeito, tomaste uma adversativa por uma copulativa, tresleste e acrescentaste meia dúzia de palavras na tua tresleitura, é natural, estavas nervosa, sabias que a mensagem se iria autodestruir a qualquer momento.