O PSD conquistou hoje a 10ª maioria absoluta em eleições legislativas regionais da Madeira, tendo conseguido eleger 25 dos 47 deputados regionais.

Esta maioria absoluta é, porém, a mais pequena de sempre alcançada por Jardim, correspondendo a 48,5 por cento dos votos expressos.

O outro facto marcante destas eleições foi a subida do CDS/PP a segunda maior força política no arquipélago, chegando aos 17,6% dos votos e nove deputados. O PS, grande derrotado do dia, caiu para os 11,5% e apenas seis deputados.

Outro vencedor das eleições foi José Manuel Coelho, ex-candidato presidencial, e do seu PTP, que ascendeu a quarta força política, com 6,8% e três deputados eleitos.

Os restantes 4 deputados regionais foram destribuídos por CDU, PND, PAN e MPT. O Bloco de Esquerda, outro derrotado da noite, perdeu o seu representante.

Na legislatura anterior, o PSD tinha 33 deputados, o PS sete, o CDS dois, a CDU dois, BE, PND e MPT tinham um cada

Jardim governerá sozinho

O líder do PSD/Madeira, Alberto João Jardim, congratulou-se hoje com a conquista de uma nova maioria absoluta e garantiu que nos próximos quatro anos governará sozinho.

"O PSD atingiu a maioria absoluta pelo que governará nos próximos quatro anos sem qualquer ligação", disse Alberto João Jardim, no início da sua declaração aos jornalistas.