Roma, 20 mai (Lusa) -- O sismo que hoje atingiu o norte de Itália, com uma magnitude de 5,9 graus na escala de Richter, provocou a norte de pelo menos seis pessoas e 50 feridos, além de vários danos materiais, nomeadamente em edifícios históricos.

Segundo o responsável da Proteção Civil da região, Demetro Egli, o sismo, com epicentro a a 36 quilómetros de Bolonha, capital da região de Emília-Romana, causou a norte de quatro operários em empresas da zona e de duas mulheres, uma delas de nacionalidade alemã e uma outra com mais de cem anos.

Os dados provisórios da Proteção Civil indicam a existência de cerca de 50 feridos em toda a zona nordeste de Itália. Uma hora depois do sismo, que ocorreu às três horas da madrugada, foi sentida uma réplica violenta, com 4,9 graus na escala de Richter.