Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Voluntariado entra na campanha autárquica

Voluntariado

  • 333

Candidato autárquico do Porto promete criar uma moeda virtual para remunerar trabalho voluntário

O antigo presidente da Câmara do Porto, e atual candidato independente à autarquia, Nuno Cardoso, quer criar dinheiro virtual para remunerar o trabalho voluntário. O Escudo do Porto, assim se chamaria a moeda, seria creditado no cartão social (uma espécie de cartão de crédito) e gerido por uma instituição da economia social da Invicta.

A moeda creditada em cartão servirá para comprar comida em cantinas sociais ou passar a noite em dormitórios sociais e destina-se à população carenciada (incluindo estudantes), a pessoas com mobilidade reduzida ou àqueles que estejam, por qualquer motivo, impossibilitados de de desenvolver uma atividade produtiva.

"Serve esta moeda para remunerar trabalho voluntário incluindo aquele realizado por qualquer indivíduo que decida participar em actividades de caráter iminentemente social para benefício dos portuenses e da cidade, como por exemplo na reactivação de edifícios, renovação de jardins ou criação e manutenção de hortas", disse Nuno Cardoso.